sexta-feira, julho 3, 2020
Home Arte e Literatura A reinvenção da sala de aula no setor educacional brasileiro diante da...

A reinvenção da sala de aula no setor educacional brasileiro diante da Pandemia do Coronavirus

Por Marcus Vinicius Peralva Santos

Prezados leitores,
Chegamos a quarta semana do mês de março e para hoje vamos discutir um pouco sobre como o setor educacional brasileiro tem se portado diante da Pandemia de Coronavírus que assola o país.
Nos encontramos na segunda semana de isolamento, desde que prefeitos, governadores e a presidência do país solicitaram que a população evitasse sair as ruas, a fim de evitar a propagação do COVID-19, o que, pelo menos, no caso da cidade de Salvador tem mostrado efeito, visto que o número de casos confirmados até o final de semana mostrou-se ser menor do que o projetado pelo setor de saúde do estafo.
Mas, deixando este resultado um pouco animador de lado, temos que pensar em uma outra situação que tem dado muita dor de cabeça as instituições de ensino de todo o país. No final das contas, como continuar os estudos em período de coronavírus?
Para as instituições de ensino básico este constitui-se em um problema gigantesco, visto que boa parte delas não tem experiência no processo de produção e disponibilização de conteúdos Ead, mas havendo claro, algumas exceções, a exemplo de colégios que possuem os chamados “cursos pré-vestibular”, os quais normalmente possuem um sistema especial de aulas as turmas do 3º ano do ensino médio, o qual normalmente inclui conteúdo online extra ao que é visto em sala de aula.
Mas e para as turmas de ensino infantil e fundamental I e II? Como proceder com eles? O atual estado de saúde do país com certeza abrirá uma nova visão para os donos de colégio sobre as metodologias de ensino a distância que poderão ser aplicadas a este tipo de alunos. Para quem já está no ensino superior, com certeza não esta sofrendo tanto com o atual panorama educacional do país, visto que o ensino Ead já apresenta um perfil hibrido no ensino presencial, ou seja, oferta aos alunos disciplinas tanto 100% ead, como 100% presencial e em alguns casos disciplinas 50% presencial e 50% ead.
Os recursos para a realização das aulas são diversos. Para as instituições que contam com estúdios de gravação, normalmente as mesmas já produzem conteúdo próprio, além de contarem com plataformas de ensino a distância, a exemplo do CANVAS, MOODLE e BLACKBOARD. Mas, para aqueles que não possuem, ainda a recursos interessantes e simples que podem ser utilizados para a realização e disponibilização das aulas.
Algumas dicas para os professores que tem interesse e disponibilizar conteúdo aos seus alunos é a gravação de vídeos pelo seu próprio celular e disponibilização pelos grupos de WhatsApp dos alunos ou pelo seu canal no Youtube (caso você possua canal). Alguns aplicativos podem lhe ajudar neste processo. Dois que recomendo são o InShot e o Video-show. Os dois são aplicativos de celular, os quais você pode editar os vídeos, cortando trechos, adicionando textos, animações, imagens, logomarcas, dentre outras funcionalidades.
Para quem tem maior intimidade com o computador e possui câmera semi profissional ou profissional, indico os programas Camtasia e o Shotcut, os quais são programas profissionais, normalmente utilizados para gravações de alta qualidade como vídeos em HD ou FullHD, os quais hoje em dia conseguimos gerar pelo próprio celular, bastando habilitar nas configurações do seu smartphone ou iphone estes padrões de filmagem.
Apesar de recomendar aqui estes aplicativos e programas para professores, os próprios alunos podem utilizar estes de forma gratuita para a gravação de vídeos para trabalhos de colégio/faculdade, dentre outras funcionalidades.
Caso queiram conferir a qualidade das gravações, em meu canal no Youtube “oprofessormarcusperalva”, vocês poderão ver que os três primeiros vídeos postados são todos gravados com o celular utilizando os recursos de edição do InShot e o Video-show, e os vídeos que compõem o curso “Como produzir um currículo vitae campeão foram utilizados com câmera profissional e câmera de celular utilizando os programas Camtasia e o Shotcut.
Recomendo fortemente que caso você tenha interesse em aprender mais sobre estes aplicativos/programas, não deixe de procurar no Youtube vídeos sobre os mesmos. Existem inúmeros vídeos que explicam desde as funcionalidades dos programas, até aqueles que criam produções e te amostram o passo a passo para editoração e maximização dos vídeos.
Para hoje ficamos por aqui. Escolhemos um tema mais leve, visto que já estamos sendo bombardeados diariamente sobre o aumento dos números de casos do COVID-19, mas ao longo da semana vamos promover aqui no PORTAL SOM DE PAPO novos textos com dicas sobre “como sobreviver ao COVID-19”.
Acompanhem nossas próximas matérias e te convido para me seguir em minhas redes sociais @oprofessormarcusperalva (Instagram, Facebook e Twitter) e em meu canal no Youtube (oprofessormarcusperalva).
Até o nosso próximo encontro!

Fonte da imagem:
https://novaescola.org.br/conteudo/13850/encontro-debate-praticas-de-sala-de-aula

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais Lidas

Vamos relaxar: alimentos que são calmantes naturais

Por Ana Lucia Reis. Em nossa rotina é importante manter uma alimentação saudável e equilibrada para melhor funcionamento do nosso organismo, o intuito da coluna...

DVD de Ivete Sangalo Live Experience

Por Sheila Argolo Ivete Sangalo, cantora, compositora, atriz, jurada, apresentadora...., qualificações pra diva do Axé Music não faltam. E o tbt de hoje é pra...

Mês de julho é marcado por lives de consagrados nomes da música baiana

Por Gilberto Romano A temporada de lives continua em função da pandemia e neste mês de julho três grandes feras da musica baiana realizam suas...

Nando Borges é atração do Som de Papo In Live

Pra quem gosta de relembrar os grandes sucessos da música baiana, o programa SOM DE PAPO IN LIVE traz como atração musical o cantor...