quarta-feira, julho 8, 2020
Home Destaques Que tal um Bolo de Milho para já entrar no mês do...

Que tal um Bolo de Milho para já entrar no mês do São João?

Por Jean Carlos Spiess*

A festa brasileira de São João é típica da Região Nordeste. Por ser uma região árida, o Nordeste agradece anualmente a São João Batista, mas também a São Pedro, pelas chuvas caídas nas lavouras. Em razão da época propícia para a colheita do milho, integram a tradição as comidas feitas dele, tais como a canjica, a pamonha, o munguzá, o milho cozido, a pipoca e o bolo de milho. Também pratos típicos das festas são o arroz-doce, a broa de milho, a cocada, o bom-bocado, o quentão, o vinho quente, o pé-de-moleque, a batata-doce, o bolo de amendoim. O local onde ocorre a maioria dos festejos juninos é chamado de arraial, um largo espaço ao ar livre cercado ou não, onde barracas são erguidas unicamente para o evento, ou então um galpão já existente com dependências já construídas e adaptadas para a festa. Geralmente, o arraial é decorado com bandeirinhas de papel colorido, balões e palha de coqueiro ou bambu. Nos arraiais, acontecem as quadrilhas, os forrós, leilões, bingos e os casamentos matutos. Neste mês de junho irei apresentar alguns pratos típicos juninos.

BOLO DE MILHO
2 ovos
150g de açúcar refinado
120ml de óleo de milho
250g lata de milho verde
70ml de leite de coco
100g de flocos de milho pré cozidos (flocão)
50g de coco ralado
20g de fermento químico
1 pitada de sal

Modo de Preparo:
Bata no liquidificador o ovo inteiro, o açúcar e o óleo por 3 minutos.
Junte o milho verde e bata por mais 3 minutos.
Junte os demais ingredientes e bata rapidamente até obter uma massa homogênea.
Distribua a massa em forma com furo central, untada e enfarinhada com flocos de milho e assar em forno preaquecido à 170ºC até que esteja dourado.

Matéria 05/06/2020
*Graduado em Gastronomia pela Associação Educacional Leonardo da Vinci (ASSELVI) em 2005 e especializado em Padrões de Qualidade na Produção e Serviços na Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI), o chef Jean Carlos Spiess tem vasta experiência na área acadêmica. Desde 2011, ministra aulas na Universidade Estácio de Sá Bahia, mas também já fez parte do quadro de docentes do Senac-SC, Senai Blumenau, Senac-BA, Senar-BA, Universidade Salvador (Unifacs) Centro Universitário UniFTC em Vitória da Conquista, e Faculdade Ruy Barbosa. Em 2016, na França, o chef agregou conhecimento ao realizar uma viagem de imersão gastronômica. Participou do curso de Cuisine Regional Française na Escola de Cozinha Alain Ducasse e do La Cuisine Du Marché en Limousin, na Paroles de Chef Pascal. Jean Carlos Spiess também prestou consultorias em estabelecimentos na Bahia e demais estados em diversas áreas, como panificação e confeitaria, além de cozinha oriental.

Instagram @chefjeanspiess

Fonte da imagem: www.instagram.com/p/B-AtdGelOOc/

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais Lidas

Stand-up Pokas do comediante brasileiro Thiago Ventura é lançado em plataforma de streaming

Por Marcus Vinicius Peralva Santos Bem vindos meus nobres leitores da coluna de Artes e Literatura! Após uma breve pausa, eis que voltamos com a nossa...

O retorno da Banda Papaleguas – da Papa

Por Gilberto Romano Nascida de um dos blocos tradicionais da folia momesca de Salvador, Bloco Papaléguas, a Banda Papaléguas anuncia seu retorno sob o comando...

Jammil sem Levi Lima

Por Gilberto Romano Na noite do domingo,5, o cantor e compositor Levi Lima anunciou a sua saída do grupo Jammil e uma Noites após 9...

Na sua vida, você escolheu ser âncora ouser raíz?

Por Auxiliadora Paiva “ A VIDA É DESPROVIDA DE SENTIDO. VOCÊ DÁ SENTIDO A ELA. O SENTIDO DA VIDA É AQUILO QUE VOCÊ ATRIBUI A...