segunda-feira, agosto 2, 2021
Home Destaques Será que os seus problemas são maiores que o dos outros?

Será que os seus problemas são maiores que o dos outros?

Por Auxiliadora Paiva

É do escritor Nilton Mendonça a seguinte frase: “Porque será que o seu problema é sempre maior que o do outro? Façamos as contas. O resultado depende de um ponto de vista”. Como bem disse o escritor, essa é uma praxe muito utilizada pelo ser humano. Ele acredita piamente, que os seus problemas, são os maiores e os mais importantes que o dos outros. E isso tem uma explicação que aparentemente é lógica, mas que a Psicoterapia derruba os seus argumento. Quando ela afirma que ao vivenciarmos determinada situação, que aparentemente se apresenta difícil e complicada, a nossa mente não consegue sair desse contexto. Ou seja, nós vivemos o tempo inteiro voltados para esses pensamentos e assim, perdemos a visão clara de tudo que está, acontecendo ao nosso redor. Essa é uma monoidéia, onde acreditamos que só nós temos problemas e que eles são extremamente complicados e de difícil resolução.
A sabedoria popular nos informa que “ cada um tem os seus problemas”. E se os problemas existem, é claro que sempre haverá uma forma equilibrada de resolvê-lo. Todos nós em algum nível, temos problemas, e que a depender do seu nível de comprometimento, poderemos até solucioná-los ou amenizá-los.
Vamos fazer uma comparação muito interessante nesse contexto, e é a Natureza que nos dá um grande ensinamento. Preste atenção ao caso: quando temos um dia de tempo fechado e bastante chuvoso, com nuvens carregadas, poderemos observar que o Sol, não fica visível para nós. Porém é preciso ressaltar que, muito embora não haja a sua visibilidade, mas ele está presente no Universo. As nuvens, são idênticas aos nossos problemas, elas não deixam que possamos enxergar e sentir o Sol, que é nesse processo, a figura que representa a Solução das Dificuldades.
Como é difícil encarar um problema, uma dificuldade, por isso que na maioria das vezes, precisamos de alguém, com a devida habilidade e competência, que possa nos auxiliar para romper com essa barreira de nuvens e enxergar o Sol, que representa a Solução, das dificuldades em uma linguagem figurativa. Sempre precisaremos de alguém que possa auxiliar a romper com essa situação. Sozinhos não conseguiremos, é preciso que alguém esteja na retaguarda, nos dando um suporte necessário.
O mais importante para todos nós, é não permitir que esses problemas, influenciem e interfiram de alguma forma em nosso cotidiano, de maneira em que não consigamos entender e visualizar, as coisas boas que estão ao nosso redor.
É preciso ter a consciência plena de que as dificuldades servem como um grande aprendizado para todos nós. É preciso aprender com as adversidades e extrair delas a sua melhor energia, a sua melhor essência e os seus ensinamentos.
Os nossos problemas se agigantam, por que vivemos tão enclausurado neles, que não percebemos as coisa que estão ao nosso redor. Os problemas existem verdadeiramente e são grandiosos e infiltrantes. Mas o que não poderemos é deixá-los a nos envolver, como se fossemos uma concha. É preciso que busquemos uma assessoria que venha a possibilitar o trânsito nesta seara. Os problemas existem, para serem trabalhados e acima de tudo, para serem ajustados ao nosso dia a dia.
Como podemos perceber, nós damos aos nossos problemas, uma ênfase extraordinária. Colocamos eles como os maiores e os mais importantes de todos. Porém se olharmos ao nosso redor, veremos que o nosso é tão ínfimo, junto a aqueles que também estão em dificuldades.
Administre as suas dificuldades. Reveja o seu padrão de posicionamento perante as coisas do seu dia a dia. Não supervalorize as suas questões, pois nenhum fardo será dado, sem que os seus ombros possam suportar. Busque os caminhos para solucioná-los. Não fique na dor, transmute essa situação. Caso não esteja se sentindo apto para tal serviço, vá em busca de uma ajuda. Ou seja, viver se lamentando, se desestruturando, por conta de um problema, ou de uma dificuldade , é um momento para se repensar sobre qual é o nosso propósito de vida. Se nós quisermos sair da concha e fazer com que a nossa Pérola seja vista e admirada, vamos buscar analisar sobre esses problemas e se perguntar o que eles querem transmitir para você. Pense nisso carinhosamente.
Namastê.

Referências bibliográficas:
Texto: www.osegredo.com.br
Imagem: www. eaivaiusar.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Mais Lidas

Atividade física não tem idade

Por Barbara Ferreira Tem limite de idade para começar a se exercitar? A resposta é Não! Começar a fazer uma atividade física e sentir-se bem ao...

Os encantos do Rio Mucugezinho – Chapada Diamantina

Por Luziane do Carmo O Rio Mucugezinho reserva aos visitantes lugares incríveis para banho, e o destaque fica por conta do Poço e Cachoeira do...

A conscientização de ser plus size: uma história real

Por Priscila Conti Olá, tudo bom? Me chamo Priscila Conti, 35 anos, casada e modelo plus size em parceria com meu irmão Evaristo vulgo o menino...

Noite de sábado com música e bate-papo

Por Gilberto Romano No início de noite deste sábado a Som de Papo Produções apresenta o seu novo cast de produtos numa coletiva de imprensa...