terça-feira, outubro 19, 2021
Home Destaques Diabetes: a nutrição fundamental

Diabetes: a nutrição fundamental

Por Ana Lucia Reis

Diabetes é uma doença causada pela produção insuficiente ou má absorção de insulina, hormônio que regula a glicose no sangue e garante energia para manutenção das células do nosso organismo.
O diabetes pode causar o aumento da glicemia e as altas taxas podem levar a complicações no coração, nas artérias, nos olhos, nos rins e nos nervos. Em casos mais graves, o diabetes pode levar à morte. Os principais sintomas do diabete são fome e sede excessiva e vontade de urinar várias vezes ao dia.
O diabetes mellitus pode se apresentar de diversas formas e possui diversos tipos diferentes e com aparecimento de qualquer sintoma é fundamental buscar com urgência o atendimento médico especializado para dar início ao tratamento, além das mudanças de hábitos alimentares e a prática de exercícios para obter com sucesso o controle do diabetes
O diabetes do tipo 1, é hereditário e se manifesta mais frequentemente em adultos, mas crianças também podem apresentar, pessoas com parentes próximos que têm ou tiveram a doença devem fazer exames regularmente para acompanhar a glicose no sangue. Fique atento aos sintomas desse tipo de diabetes como, fome frequente, sede constante, vontade de urinar diversas vezes ao dia, perda de peso, fraqueza, fadiga, mudanças de humor, náusea e vômito.
O diabetes tipo 2, ocorre quando o corpo não aproveita adequadamente a insulina produzida, sua causa está diretamente relacionado ao sobrepeso, sedentarismo, triglicerídeos elevados, hipertensão e hábitos alimentares inadequados.
Por isso, é essencial manter acompanhamento médico para tratar, também, dessas outras doenças, que podem aparecer junto com o diabetes. Fique atento aos sintomas como, fome frequente, sede constante, formigamento nos pés e mãos, vontade de urinar diversas vezes, infecções frequentes na bexiga, rins, pele e infecções de pele, feridas que demoram para cicatrizar e visão embaçada.
As mulheres grávidas também devem tomar cuidados, porque pode desenvolver o diabetes durante o período gestacional é importante fazer o exame de diabetes regularmente durante o pré-natal e ter o acompanhamento do nutricionista para evitar os riscos de complicações durante a gravidez e no parto.
A melhor forma de prevenir o diabetes é a boa prática de hábitos saudáveis, confira as principais orientações:
O fracionamento da alimentação é fundamental. Procure realizar 5 a 6 refeições/dia, com menor volume: café da manhã, almoço e jantar com pequenos lanches nos intervalos; Modere o consumo de alimentos fontes de carboidratos: batata, mandioca, pães, biscoitos, massas, tortas e evite os produtos fabricados com “farinha branca”; Evite o consumo de açúcar, mel, doces de modo geral, refrigerantes e produtos industrializados em especial os adoçados, como por exemplo: sucos e iogurtes. O açúcar de mesa (sacarose) pode ser facilmente substituído por adoçantes, por exemplo, a base de sucralose e stevia; Atenção aos alimentos diet: mesmo os diet engordam e contém carboidratos alterando a glicemia; Diminua o sal das refeições; Aumente o consumo de fibras, a exemplo da aveia que diminuem a velocidade de absorção dos carboidratos, ajudando a controlar a glicemia; Consuma diariamente legumes e verduras (3 a 5 porções) no almoço e jantar. Prefira as versões integrais dos pães, torradas, biscoitos, arroz e massas e consuma com moderação; Prefira os alimentos fonte de boas gorduras: azeite de oliva, abacate, castanhas, salmão; O consumo diário de frutas é muito importante, mas não exagere nas quantidades, pois elas possuem “frutose”, uma forma de carboidrato que também eleva a glicemia. Consuma 3 porções de frutas por dia e em horários diferentes (fracionado). Atenção ao consumo de sucos que podem conter várias porções de frutas, exemplo: 1 copo de suco de laranja contém aproximadamente 3 laranjas! Mantenha um peso saudável: se o seu peso está acima do recomendado procure manter um plano alimentar para redução do peso; Mastigue bem os alimentos: a mastigação estimula o centro da saciedade (localizado no cérebro); Tenha o hábito de ler os rótulos dos alimentos.

Fontes da pesquisa:
https://www.einstein.br/noticias/noticia/orientacao-nutricional-controle-diabetes
https://www.diabetes.org.br/publico/home-nutricao
https://www.diabetes.org.br/publico/pdf/manual-nutricao-publico.pdf
Fonte da Imagem:
http://curaplena.com.br/diabetes-a-nutricao-fundamental/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Mais Lidas

O Microagulhamento

Por Mônica Alves   É um tratamento estético que serve para remover cicatrizes de acne, disfarçar manchas, outras cicatrizes, rugas ou linhas de expressão da pele,...

Assistente Administrativo

JBS 360 Curitiba, PR•Home office Dados da vaga Salário R$ 1.950 por mês Tipo da vaga Home office Número de contratações para este cargo: 1 Descrição completa da vaga Quais são as atividades da...

Descobri que o meu filho é gay! E agora o que vou fazer?

Por Dôra Paiva   Na semana próxima passada, atendi no nosso Espaço Terapêutico, uma grande amiga e também colega dos tempos de faculdade. Agitada, ela...

Líderes Vencem na 26° Rodada do Brasileirão

Por Amando Neto   Detentor da primeira colocação com 56 pontos o Atlético- MG, mantém larga vantagem contra os adversários e apresenta fortes indícios de que...