segunda-feira, julho 4, 2022
Home Cultura Evangelho sem fronteiras no Espírito Santo

Evangelho sem fronteiras no Espírito Santo

Por Joacles Costa

Este final de semana 07 e 08 de maio de 2022, foi muito marcante para os jovens da Igreja Cristã Maranata, pois eles realizaram trabalhos evangelísticos de serenatas e convites nas ruas dos bairros de Cobilândia e Rio Marinho, localizados no município de Vila Velha, no Espírito Santo.

O grupo formado por 157 pessoas, concentrou-se primeiramente às 16 horas, na praça do bairro Cobilândia, logo em seguida, o agrupamento percorreu as principais avenidas, louvando à Deus, tocando e entregando uma mensagem bíblica através de convites.

Esse trabalho de evangelização, mais conhecido por ”Evangelho Sem Fronteiras (EsF)”, é um projeto voltado para os jovens da Igreja Cristã Maranata e está levando uma palavra de fé, esperança em Deus por todo o Brasil e pelo mundo. O projeto Evangelho sem Fronteiras (EsF), nasceu em outubro de 2021, durante a pandemia, contudo, está com muitos resultados positivos.

”Esse trabalho evangelístico realizado pelos jovens, tem sido de grande importância, pois através dos louvores cantados e dos convites entregues nas ruas, muitas pessoas necessitadas estão tendo a oportunidade de conhecer o evangelho eterno. Além disso, os jovens, tem a oportunidade de compartilhar suas experiências vividas para que todos possam ver as bençãos que Deus tem operado no meio deles,” acrescentou Renan Ribeiro Silveira.

”O Evangelho Sem Fronteiras é um trabalho que não iniciou-se hoje, mas ele tem se intensificado nos corações da igreja, para levarmos para o mundo a mensagem de salvação que Jesus está às portas e virá para nos buscar”, enfatizou a jovem Marielly Moura Martins.

”A igreja está vivendo a promessa que o Senhor fez a nós, de que haveria salvação e muitas pessoas passariam por ali e contemplariam as bençãos que o Senhor Deus tem operado grandemente no meio do seu povo. Os resultados que vemos, são vidas sendo alcançadas pelo Espírito Santo de Deus, recebendo libertação, curas e salvação,” ressaltou Victória Paula Almeida.

”Sobre o Evangelho sem Fronteiras, eu acredito que o papel da igreja nesse momento em que vivemos é anunciar o evangelho e levar fé e esperança para quem precisam ouvir o que Deus quer falar. Em relação àqueles jovens que vem participar do Evangelho sem Fronteiras, identificam-se com as experiências e testemunhos que são relatados aqui. Tudo é muito edificante para todos nós que participamos dessa conexão. O jovem ouve e quer viver também o que o outro vivenciou e quer buscar isso para alimentar a alma e o espírito dele. Aqui nesse projeto, todos tem essa oportunidade de buscar, vivenciar e anunciar que Cristo está vivo entre nós e breve voltará. Desse modo, ao receber os convites e ouvir os louvores, as pessoas de fora, passam a entender um pouco sobre o viver em Cristo, assim como nós temos alcançado”, apontou o jovem Jean Carlos Sarmento da Silva.

Em todos estes locais que o grupo passou, a mesma mensagem foi anunciada, que a volta de Jesus está próxima e as pessoas puderam ouvir sobre o amor do Senhor.

Disse-lhes: “Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura! Quem crer e for batizado será salvo. Quem não crer será condenado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Mais Lidas

Maria Quitéria: heroína de guerra

Por Viviane Vidmar Maria Quitéria (1792-1853) foi uma heroína da guerra pela independência do Brasil. Vestida de soldado alistou-se no batalhão de “Voluntários do Príncipe...

A causa animal: uma responsabilidade de todos

Por Omar Silva   Cuidar dos animais em situação de vulnerabilidade, bem como dos que estão dentro de famílias carentes, também é um tema de saúde...

Quem vai golear mais neste fim de semana?

Por Fernando Francisco Neste final de semana temos mais uma rodada do Campeonato Brasileiro e vamos ver se o Palmeiras se mantém com seu ritmo...

Vamos falar de Portugal?

Por Cristiano Ruggeri Meus amigos leitores, vamos falar hoje da Europa que é admirada por todos e Claro começando por Portugal. E vamos falar um pouco...