domingo, setembro 26, 2021
Home Destaques A importância da alimentação na prevenção do câncer de mama

A importância da alimentação na prevenção do câncer de mama

Por Ana Lucia Reis

Olá leitores do Som de Papo, hoje a coluna de Nutrição traz um importante tema a respeito da prevenção do câncer de mama cuidando da sua alimentação, primeiramente vamos conhecer sobre a campanha do Outubro Rosa que surgiu no ano de 1997, com as entidades das cidades de Yuba e Lodi nos Estados Unidos, as quais começaram efetivamente a comemorar e fomentar ações voltadas a prevenção do câncer de mama, denominando como Outubro Rosa. Todas ações eram e são até hoje direcionadas a conscientização da prevenção pelo diagnóstico precoce.
O Outubro Rosa também serve para que as mulheres fiquem mais atentas aos seus hábitos alimentares e rotinas de exames.
Diversos são os fatores que podem contribuir para que uma pessoa tenha câncer de mama, a exemplo da idade (mulheres acima dos 50 anos), a hereditariedade (mutações genéticas), a história reprodutiva (estímulo estrogênico), o estilo de vida, incluindo o excesso de peso, principalmente na pós menopausa, alimentação inadequada, infecções dentre outros fatores.
Apesar de não ser frequente, o câncer de mama também pode acometer homens, geralmente a partir dos 60 anos, uma vez que eles também possuem glândula mamária, a dificuldade está no diagnóstico, pois não existem exames para detectar como a mamografia para mulheres, dessa forma é essencial que o homem conheça o seu corpo.
O sintoma mais comum de câncer de mama é o aparecimento de nódulo, geralmente indolor, duro e irregular, mas há tumores que são de consistência branda, globosos e bem definidos, além de outros sinais como, o edema cutâneo (na pele), semelhante à casca de laranja, dor, inversão do mamilo, cansaço crônico, perda de peso. A secreção associada ao câncer geralmente é transparente, podendo ser rosada ou avermelhada devido à presença de glóbulos vermelhos, podem também surgir linfonodos (nodos linfáticos) palpáveis na axila. Esses sinais e sintomas devem sempre ser investigados, porém podem estar relacionados a doenças benignas da mama.

É fundamental para a detecção precoce da doença, que as mulheres fiquem atentas em relação à saúde das mamas, conhecer o que é normal em seu corpo e quais as alterações suspeitas por meio do autoexame das mamas e manter uma rotina regular de acompanhamento médico.
Torna-se necessário adotar mudanças no estilo de vida para melhor bem-estar e saúde, como praticar atividades física, reduzir consumo de álcool, evitar o cigarro, manter os níveis adequados de peso corporal e investir nos cuidados básicos com a alimentação que podem reduzir os riscos de desenvolver a doença.
A alimentação representa um potencial fator de proteção contra o desenvolvimento de câncer de mama, portanto em nosso dia-a-dia é essencial a inclusão de hábitos alimentares saudáveis como, diminuir o consumo de carnes vermelhas (especialmente as processadas e ricas em gordura), evitar os produtos industrializados, reduzir a gordura animal e o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, aumentar o consumo de fibras com a ingestão diária de grãos integrais, frutas, verduras de preferência as orgânicas, diminuição de açúcares e do consumo de alimentos ricos em carboidratos refinados.
Seguem alguns alimentos importantes com propriedades ditas funcionais que atuam como protetores contra o desenvolvimento do câncer, são eles os cereais (aveia, arroz, milho) que ajudam a regular as funções do intestino, baixar o colesterol ruim e controlar o açúcar do sangue, a cúrcuma, esse condimento inibe a proliferação de células cancerígenas do tumor pelo organismo, o alho e a cebola que possuem propriedade anti-infecciosa, tendo efeito protetor contra o câncer, doença cardiovascular, inflamação e infecções, o broto de alfafa esses pequenos brotos dificultam o aparecimento de tumores e ainda aumentam a imunidade do corpo, as frutas vermelhas (morangos, cereja, ameixas, amoras) que diminuem os riscos do aparecimento de tumores, dentre outros tipos de alimentos como: maça, leite, azeite de oliva, feijão, ervilhas frescas, lentilha, nozes castanhas, brócolis, couve-flor e peixes.
É certo que manter uma alimentação saudável é fundamental para evitar qualquer tipo de doença, por isso faça dos alimentos o seu maior aliado.
Pense Rosa, acreditar, lutar e vencer!

Fontes da Pesquisa:
www.crn5.org.br
www.hgf.ce.gov.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Mais Lidas

Posso usar?

Por: Priscila Conti   Olá queridos leitores. Na coluna Plus Size de hoje, o assunto é: Posso usar? Quantas vezes nós mulheres Plus ficamos em dúvida do que usar...

P51 Rock Brasil – “Já não sei mais”

Por Juninho Ouro Preto A Capital paulistana é uma zona musical muito especial para o Brasil. São Paulo além de ser a maior metrópole brasileira...

Estilo Minimalista na Decoração

Por  Angelica Schianta No ano que passou de 2020, nunca passamos tanto tempo dentro de casa. Toda essa alteração trouxe novos modos de viver em...

MC G15 lança “Nunca Foi Amor” em parceria com Nattan, DG e Batidão Stronda

Por: Omar Silva   Single estreia o projeto “G de 15 em 15”, em que o artista lançará uma música a cada 15 dias. Nesta sexta-feira, 24...